Publicado em 11/06/2019 às 06h58.

Advogado de mulher que acusa Neymar de estupro deixa o caso

Danilo Garcia de Andrade é o terceiro advogado que deixa o caso

Redação
Foto: SBT
Foto: Reprodução / SBT

 

O advogado Danilo Garcia de Andrade deixou o caso da modelo Najila Trindade, que acusa Neymar de estupro, na noite da segunda-feira (10).

“Devo me tirar do processo”, afirmou Andrade. “Sim, estou anunciando oficialmente nesta entrevista. Não sou mais advogado de Najila”, completou.

Segundo o UOL, Andrade disse que tomou a decisão após a cliente o acusar de planejar um arrombamento em seu apartamento e de roubar o tablet onde estaria um vídeo que mostraria o segundo encontro dela com Neymar em Paris. O advogado esteve na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, na tarde desta segunda-feira.

Ele disse à delegada Juliana Lopes Bussacos que deixaria o caso se a sua cliente não entregasse celular ou tablet com o vídeo até a meia-noite. Quando a delegada deixou a DDM, às 20h30min, nada havia sido entregue.

Najila registrou boletim de ocorrência, no último dia 31 de maio, acusando Neymar de estuprá-la no dia 15 de maio em um hotel em Paris. A modelo afirmou ter imagens que comprovariam isso em seu tablet.

“Vim informar à delegada que eu não tenho o celular, nem o tablet. Ela (Najila) tem até meia-noite de hoje para entregar à delegada ou para mim. Eu me comprometi a trazer. Se não fizer isso até meia noite, eu deixo o caso. Não tem como defender uma pessoa que não entrega suas provas”, disse Andrade mais cedo.

PUBLICIDADE