Publicado em 03/04/2018 às 09h53.

Ednaldo desiste de disputar comando da FBF: ‘Eu não era candidato’

A eleição foi suspensa por decisão judicial, mas deverá acontecer na tarde desta terça-feira (3); ele disse que assunto foi decidido junto à sua equipe

Luiz Felipe Fernandez
Foto: Rodrigo Aguiar/bahiaba
Foto: Rodrigo Aguiar/bahiaba

 

Há 16 anos no cargo, o presidente da Federação Baiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues desistiu de tentar reeleição. Em contato com o bahia.ba, o mandatário afirmou que “não era candidato”, e que a decisão foi tomada junto à sua equipe. Em seu lugar, entra Ricardo Lima, o atual vice-presidente da FBF, e como vice, Manfredo Lessa, diretor jurídico da federação.

Ednaldo garantiu que não planejava “ser presidente em mais um mandato”, e por isso não se tratava de uma desistência. Ademir Ismerin, que anunciou a sua pré-candidatura, acusa Ednaldo de manobra para “inviabilizar” a sua inscrição. O edital foi lançado no dia 27 de março, e a convocação aconteceu no dia 28 – intervalo de apenas um dia, na véspera da Semana Santa.

A eleição chegou a ser suspensa  nesta segunda-feira (2), por decisão judicial. No entanto, deve acontecer na tarde desta terça-feira (3), no Wish Hotel da Bahia, no Campo Grande, às 14 horas.

PUBLICIDADE