Publicado em 06/09/2018 às 16h00.

Em clima de confiança, Vitória enfrenta o Fluminense nesta quinta

Após chegada de Carpegiani, rubro-negro apresentou melhora no sistema defensivo e deixou Z-4 da competição

Redação
Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória
Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

 

Se o Vitória terminou o turno em baixa no Campeonato Brasileiro, a chegada do técnico Paulo Cezar Carpegiani deu novos ares ao rubro-negro. Com os dois triunfos dentro de casa, contra América-MG e Atlético-MG, o rubro-negro deixou o Z-4 e tirou um pouco do peso das costas.

Dono da pior defesa do campeonato, o clube viu uma melhora vísivel no setor, já que não sofreu gols nesses dois jogos e recuperou a confiança, como assegura o zagueiro Ramon.

“A confiança voltou. Isso posso falar de mim. Quando a gente ia jogar contra qualquer outro dia e tomava o gol, olhava para o lado e todo mundo cabisbaixo, um tentando animar o outro. E agora, não. A confiança voltou, todo mundo confiante, sabe o que tem que fazer dentro de campo. Pode ter certeza que a conversa dentro de campo mudou também, todo mundo se comunicando. Isso ajuda muito, comunicação dentro de campo”, afirmou.

Ramon avaliou ainda a chegada de Carpergiani como um dos principais motivos para a injeção de ânimo no elenco. “O professor Paulo, por ser gaúcho, trouxe trabalho muito competitivo para o Vitória. Nos treinamentos, no próprio aquecimento, como ele fala. É uma forma competitiva. Isso a gente acaba levando para dentro de campo. A gente briga por cada bola. Isso vem mostrando nos últimos jogos. Três jogos e a gente só tomou um gol. E daqui para frente por ter certeza que vai ser nessa pegada”, disse.

Nesta quinta (6), o Vitória enfrenta o Fluminense às 19h no Maracanã. Atualmente na 15ª posição, o rubro-negro pode subir até seis posições em caso de triunfo, ultrapassando inclusive o adversário de hoje e o rival Bahia.