Publicado em 06/01/2018 às 19h30.

Investigação da PF descarta hipótese de sabotagem em avião de Teori

Ex-ministro do STF morreu, no dia 19 de janeiro do ano passado, após a aeronave em que viajava de férias cair no mar

Redação
Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

 

A Polícia Federal descartou a possibilidade de o avião do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, ter sido sabotado, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a publicação, a PF não detectou sinais de explosivos, produtos químicos ou de que tenha ocorrido um incêndio interno na aeronave.

O ex-ministro morreu, no dia 19 de janeiro do ano passado, após o avião turboélice King Air em que viajava de férias cair no mar próximo à pista de pouso de Paraty, no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE
Temas: avião , ministro , Morte , STF , Zavascki

Mais notícias