Publicado em 28/11/2017 às 10h00.

Por causa da crise, OAB-BA mantém valor da anuidade em 2018

Foi aprovada uma proposta do Conselho Consultivo da Jovem Advocacia, que garantirá descontos de 50% nas taxas de sociedades compostas exclusivamente por jovens

Redação
Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

 

A OAB da Bahia decidiu manter o valor da anuidade em R$ 800 para o exercício de 2018, durante sessão ordinária do Conselho Pleno. Com relatoria da tesoureira da seccional, Daniela Borges, a decisão foi votada por unanimidade e levou em conta o cenário de crise econômica que atinge as advogadas e advogados do estado.

“A seccional baiana segue, pelo segundo ano consecutivo (2017-2018), com um dos menores valores do Nordeste, atenta à crise econômica que afeta a advocacia e implementando uma gestão que racionaliza os recursos para investir nas atividades essenciais à classe”, destacou o presidente da entidade, Luiz Viana Queiroz.

Também no pleno, foi aprovada uma proposta do Conselho Consultivo da Jovem Advocacia, que garantirá descontos de 50% nas taxas de sociedades compostas exclusivamente por jovens advogados.