Publicado em 14/04/2017 às 20h10.

Após ataque dos EUA, Rússia manda recado ‘Temos o pai das bombas’

Meios de comunicação do país informaram que Rússia guarda em seu arsenal, um projétil quatro vezes mais potente

Redação
Reprodução: Youtube
Reprodução: Youtube

 

Após o ataque americano contra posições do Estado Islâmico no Afeganistão com a bomba GBU-43, a mais potente do arsenal não-nuclear do país e conhecida como “mãe de todas as bombas”, a Rússia mandou um recado informando que guarda em seu arsenal, um projétil quatro vezes mais potente.

Segundo informações, trata-se bomba termobárica, conhecida na Rússia como Bomba Aérea de Vácuo de Potência Aumentada (AVBPM, na sigla em russo). O “pai de todas as bombas” se encontra nos arsenais da força aérea russa e, após ser desenvolvida no início dos anos 2000, foi testada com sucesso em 2007. Sua potência de explosão é equivalente a 44 toneladas de TNT.