Publicado em 26/07/2018 às 14h40.

Casa Branca veta jornalista por ‘perguntas inapropriadas’ a Trump

A repórter Kaitlan Collins, da CNN, foi impedida de participar de um evento

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A repórter Kaitlan Collins, da CNN, foi impedida pela Casa Branca de participar de um evento por ter feito “perguntas inapropriadas” ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, segundo a emissora.

A porta-voz da Casa Branca Sarah Sanders argumentou que a jornalista gritou questões para o presidente durante evento com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, no Salão Oval.

No entanto, de acordo com a CNN, Sanders também afirmou a Collins que ela teria feito “perguntas inapropriadas”.

A jornalista questionou Trump sobre uma gravação na qual ele discutia com seu ex-advogado Michael Cohen uma forma de pagar uma ex-modelo da Playboy, Karen McDougal, para continuar em silêncio sobre um suposto caso extraconjugal.

“Esta decisão de proibir um integrante da imprensa é retaliação por natureza e não é indicativa de uma imprensa aberta e livre”, declarou a CNN.

O presidente dos EUA costuma reclamar da cobertura da emissora sobre a sua administração e acusa a empresa de difundir “fake news”.