Publicado em 19/04/2019 às 20h40.

Homem corta o próprio dedo ao votar em candidato errado na Índia

Eleições da Índia são as maiores do mundo, já que 900 milhões de pessoas são aptas votar

Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

Um homem chamado Pawan Kumar decepou o próprio dedo após se confundir e votar errado no segundo turno das eleições da Índia.

O eleitor queria votar no Partido Bahujan Samaj, de centro-esquerda. Mas ao invés de apertar no botão do elefante, que simboliza a sigla, acabou pressionando o seu dedo na imagem que representa o Partido Bharatiya Janata, ligado ao conservadorismo.

“Eu acidentalmente apertei o botão com o símbolo de lótus em vez de um elefante. Eu cortei meu dedo pelo erro”, disse em entrevista à agência ANI. Ele foi levado a um hospital e liberado após algumas horas.

As eleições da Índia são as maiores do mundo, já que 900 milhões de pessoas são aptas votar nos candidatos que preferirem. O resultado das eleições, que são divididas em sete etapas, só deve ser descoberto no dia 23 de maio.