Publicado em 13/12/2017 às 19h50.

Polícia holandesa ‘demite’ águias de caça a drones por mau comportamento

As aves de rapina foram consideradas ineficazes e perigosas para multidões

Redação
Foto: AFP
Foto: AFP

 

Na Holanda, águias são adestradas pela polícia para capturar drones em áreas proibidas. Porém, a crise também chegou para as aves, que serão “demitidas” por seu mau comportamento e alto custo.

Devido ao crescente uso de drones em zonas como aeroportos, a polícia holandesa optou em 2016 por adotar as aves de rapina como patrulheiras oficiais dos céus.

No entanto, as aves nem sempre faziam aquilo para que foram adestradas, e a polícia passou a suspeitar de sua eficácia. Além disso, o comportamento das águias poderia ser perigoso diante de multidões.