Publicado em 14/08/2018 às 22h00.

Taxista é preso suspeito de dopar e estuprar cliente

Vítima diz que acordou dentro do quarto de um motel sem lembrar de nada; taxista teria oferecido água com sonífero

Redação
Foto: Max Haack/Ag Haack/Agecom
Foto: Max Haack/Ag Haack/Agecom

 

Um taxista foi preso nesta terça-feira (14) suspeito de estuprar uma cliente. Ele foi detido pela polícia na frente do Aeroporto de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

Segundo informações da delegada que investiga o caso, Iara Gardênia, o homem, de prenome Thiago, sedou a mulher e a levou para um motel da cidade, onde cometeu o abuso. O crime ocorreu há mais de uma semana.

De acordo com o G1, o taxista foi preso por volta das 11h30, durante o expediente dele. Após ser ouvido pela polícia, Thiago foi encaminhado para o Presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista.

O taxista ofereceu água para a passageira, que estranhou a atitude e questionou o serviço. Ele teria argumentado que queria melhorar o atendimento para competir com outros tipos de serviço por aplicativo. A vítima informou, em depoimento, que a embalagem estava aparentemente intacta e aceitou.

A delegada disse que as investigações apontam que Thiago teria colocado um sonífero na bebida e violentou a mulher no motel. A cliente alegou que estava sozinha quando acordou dentro do quarto do estabelecimento sem lembrar de nada.