Publicado em 14/11/2017 às 09h03.

Aleluia leva o comando da Bamin a Temer. Quer destravar

O montante de recursos a serem investidos deve gerar 35 mil empregos diretos e indiretos no estado

Levi Vasconcelos

Uma audiência entre dirigentes da Eurasian Resources Group (ERG), Alexander Machkevith e Alijan Ibragimov, e o presidente Michel Temer, realizada ontem, em Brasília, deve destravar investimentos da ordem de US$ 2,5 bilhões previstos para o complexo mineral da Bamin, em Caetité, Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e Porto Sul.

O montante de recursos a serem investidos deve gerar 35 mil empregos diretos e indiretos no estado.

Curioso é que o projeto da Bamin, com a Fiol e o Porto Sul foi idealizado e iniciado no governo de Lula, mas caiu nas graças do deputado José Carlos Aleluia (DEM). Ele articulou o encontro de ontem:

— Temer ouviu do líder do grupo controlador da Bamin que a companhia está pronta para investir no estado. Aguarda apenas o edital de licitação do governo federal,

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é Jornalista político, Diretor de Jornalismo do Bahia.ba, e titular da Coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde.