Publicado em 15/04/2018 às 07h15.

Mesmo após prisão, Lula permanece líder em pesquisas

Apesar de ainda liderar pesquisa, Datafolha aponta queda de 6% percentuais em caso de candidatura do ex-presidente

Redação
Foto: Miguel Schincariol / AFP
Foto: Miguel Schincariol / AFP

 

Um levantamento do Instituto Datafolha apontou uma queda na popularidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em cenários de candidatura à presidência da República. Após sua prisão, o petista viu sua intenções de voto, em caso de candidatura, caírem de 37%, no início de janeiro, para 31%.

Em cenários com Lula fora do páreo, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) lideram a corrida. Bolsonaro aparece com 17% das intenções de voto, enquanto Marina detém entre 15% e 16%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os outros candidatos mais cotados são o ex-ministro Ciro Gomes, com 9% das intenções de voto, percentual igual ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e ao ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa (PSB), que ainda não confirmou sua possível candidatura.

A pesquisa foi realizada entre a quarta (11) e a sexta-feira (13). 4.194 pessoas foram entrevistadas em 227 municípios.