Publicado em 11/01/2019 às 17h12.

Atento a eleição em 2020, Thomé de Souza monitora secretário de Saúde de Rui

“Uma chapa com Fábio Vilas-Boas e Olivia Santana, por exemplo, poderia dar algum trabalho”, exemplifica um interlocutor do prefeito ACM Neto

Rodrigo Aguiar
Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

Entre os aliados do governador Rui Costa (PT) especulados para disputar a prefeitura de Salvador em 2020, o Palácio Thomé de Souza presta atenção especial a um nome: o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

Interlocutores do prefeito ACM Neto (DEM) ouvidos pelo bahia.ba relataram que a movimentação de Vilas-Boas nos últimos meses tem sido observada.

Aliados de Neto pontuam que, caso Rui decida apostar no “novo” para a disputa na capital, Vilas-Boas seria um candidato com algum potencial, pelo volume de recursos da Saúde investidos no município e também pelo perfil, mais afastado da esquerda tradicional.

O entendimento é de que uma composição com alguma liderança mais ligada a movimentos sociais seria interessante do ponto de vista eleitoral.

“Uma chapa com Fábio Vilas-Boas e Olivia Santana, por exemplo, poderia dar algum trabalho”, exemplifica um interlocutor de Neto.

PUBLICIDADE