Publicado em 04/11/2018 às 14h30.

Bolsonaro republica tweet que ironiza comparação entre fuzil e guarda-chuva

Junto com uma imagem que mostra cinco pessoas, com ao menos três deles aparentando ser menores, postagem diz: "Acho que vai cair uma tempestade, olha quanto guarda chuva".

Juliana Almirante
Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

 

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) republicou um tweet que ironiza a comparação entre guarda-chuva com fuzis. Junto com uma imagem que mostra cinco pessoas, com ao menos três deles aparentando ser menores, um usuário da rede social publicou o comentário: “Acho que vai cair uma tempestade, olha quanto guarda chuva”.

Postagens que ironizam a comparação entre guarda-chuvas e fuzis começaram a ser feitas na web por apoiadores de Bolsonaro após o governador eleito pelo Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), ter sido questionado por jornalistas da GloboNews, sobre a decisão de “abater criminosos” que estivessem portando armamentos, no seu futuro governo.

Os jornalistas confrontaram Witzel, eleito depois de apoiar Jair Bolsonaro, diante de casos em que policiais militares mataram pessoas por confundirem armas com itens como guarda-chuvas e furadeiras.

Em um dos casos, em setembro deste ano, um homem identificado como Rodrigo Alexandre morreu durante tiroteio no Morro Chapéu Mangueira, no Leme, Zona Sul do Rio.  Segundo familiares, os policiais confundiram o guarda-chuva que ele usava com uma arma.

guarda-chuva