Publicado em 11/01/2018 às 15h20.

Coronel: ‘PSD não abrirá mão de vaga na majoritária’

Presidente da AL-BA tem nome cotado pela base do governo para disputar vaga ao Senado e aguarda decisão do partido: "Caso decidam por mim, estarei pronto"

Fernando Valverde / Rodrigo Aguiar
Foto: Izis Moacyr / bahia.ba
Foto: Izis Moacyr / bahia.ba

 

Com a confirmação do governador Rui Costa de que o PP e o PSD serão os principais alicerces da base aliada no próximo pleito, o deputado afirmou que o partido não abrirá mão do lançamento de uma candidatura ao Senado. “Acho que até Março, todos os partidos tem condições de crescer. Por enquanto o PSD é o maior partido que faz parte da base e não abre mão de lançar o nosso candidato”, afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de disputar uma vaga no Senado, como já havia sinalizado previamente, Coronel afirmou que caso a base decida por seu nome, viabilizará a sua candidatura.

“Espero que haja uma unidade, que coloquem na balança e fechem com o nome. Não é questão de fita métrica e sim de densidade eleitoral. O partido não abre mão. Se o meu nome continuar sendo o cotado, estarei pronto para lançar a candidatura”, declarou.

Homenagem – Ainda que o  “bloco do Coronel” estivesse em ritmo de campanha durante a lavagem do Bonfim, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia Ângelo Coronel (PSD) minimizou a iniciativa de amigos como um ato político. “São apenas amigos que vieram nos acompanhar no cortejo e fizeram essa homenagem”, disse.