Publicado em 06/12/2018 às 09h10.

Everaldo rebate Lídice: ‘Se fosse por tamanho, PT teria hoje o presidente da Alba’

Senadora reclamou que aqueles que ficaram de fora da chapa majoritária não foram contemplados

Matheus Morais
(Foto: Roberto Viana / bahia.ba)
Foto: Roberto Viana / bahia.ba

 

O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, rebateu a declaração da senadora e deputada federal eleita, Lídice da Mata (PSB), que reclamou que aqueles que ficaram de fora da chapa majoritária não foram contemplados na eleição para presidência da Assembleia Legislativa da Bahia.

Segundo o dirigente, a composição ungida pelo governador Rui Costa (PT) visou a governabilidade.

“Estamos satisfeitos. Todos nós temos maturidade para saber que é a governabilidade é necessária. Se fosse por tamanho de partido, o PT teria hoje o presidente da Assembleia”, disse o bahia.ba, na manhã desta quinta-feira (6).

A composição governista, que tem a maioria na Assembleia, ficou com Nelson Leal (PP) para presidente, Alex Lima (PSB), como vice, e Rosemberg Pinto (PT) líder do governo na Casa. Já Adolfo Menezes (PSD), será o presidente do Legislativo após a administração de de Leal.