Publicado em 18/04/2019 às 07h32.

Governo Bolsonaro oferece chefias de estatais regionais a partidos

Lista inclui postos em órgãos como Codevasf, Sudam e Sudene e Banco do Nordeste

Redação
Foto: J. Batista/Câmara dos Deputados
Foto: J. Batista/Câmara dos Deputados

 

O governo Jair Bolsonaro (PSL) começará a discutir a distribuição de cargos entre os partidos de centro e centro-direita que ele quer aproximar do Planalto.

Segundo a coluna Painel, da Folha, a lista inclui postos de segundo escalão com grande projeção regional.

De acordo com a publicação, as nomeações se darão dentro de critérios já estabelecidos. Na lista que foi ditada a deputados entram estatais e autarquias do porte da Codevasf, Sudam e Sudene e Banco do Nordeste.

A elaboração da lista de postos foi comunicada aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e também a presidentes e líderes de partidos, destaca a coluna.

A expectativa é a de que as primeiras indicações chanceladas pelas cúpulas das siglas sejam formalizadas na próxima semana.

Conforme a Folha, a distribuição desses postos não soluciona, mas ameniza a relação dos partidos com o Planalto.