Publicado em 14/01/2019 às 09h20.

Maia: presidência da Câmara não é de governo nem oposição

Deputado explicou as alianças firmadas com diferentes partidos do espectro político na busca pela reeleição no cargo

Redação
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil

 

Candidato a reeleição na presidência da Câmara Federal, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse nesta segunda-feira (14) que o cargo “não é de governo nem de oposição”, ao explicar as alianças firmadas com diferentes partidos do espectro político.

“Quanto mais representativo o comando da Casa, mais independente e altivo o Legislativo”, publicou o democrata nas redes sociais.

“É por isso que tenho conversado e firmado compromissos tanto com partidos e parlamentares ligados ao governo quanto com aqueles que representam legitimamente a oposição”, acrescentou o parlamentar.

Entre as siglas com as quais Maia já firmou acordos, estão o PSL do presidente Jair Bolsonaro e o PDT de Ciro Gomes.

O democrata tenta chegar ao terceiro mandato consecutivo no comando da Câmara – o primeiro deles foi tampão, após a renúncia de Eduardo Cunha (MDB-RJ).