Publicado em 06/11/2017 às 17h26.

Membros do PSOL conversam com Lídice para 2018, admite Mendes

Líder do PSB na Bahia, senadora e seu grupo pretendem renovar o seu mandato no Congresso

Alexandre Galvão
Foto: Divulgação / Facebook
Foto: Divulgação / Facebook

 

Membros do PSOL mantêm conversas informais com a senadora Lídice da Mata (PSB) para 2018, segundo afirmou ao bahia.ba o pré-candidato do partido ao governo do Estado, Marcos Mendes. De acordo com o ele, uma aliança entre as siglas só se concretizaria se o PSB quisesse fazer uma coligação “programática e não pragmática”.

“Eu, pessoalmente, não tenho conversado com Lídice. Mas tem um setor do nosso partido que conversa com ela. Com ela, com Leonelli. Coisa informal. Agora, se você me perguntar se uma aliança é possível, eu vou te dizer que acho difícil. O PSB está mais próximo da política do PT do que do PSOL. Mas não é impossível”, ponderou.

Líder do PSB na Bahia, Lídice da Mata e seu grupo pretendem renovar o seu mandato de senadora. A vontade, porém, esbarra na composição da chapa que deve ser capitaneada pelo governador Rui Costa (PT). Uma vaga ao Congresso está afiançada ao ex-governador Jaques Wagner. A outra está em disputa entre PSD e PP.

Mendes sinalizou ainda que, para 2018, o partido conversará com o PSTU, PCB e Rede. “Se, por acaso outro partido de esquerda queira conversar, estamos abertos. Desde que o diálogo seja programático”, reafirmou.