Publicado em 02/01/2019 às 16h19.

Mourão critica nomeação de Marun por Temer

“Pode não ser ilegal, mas não foi ética. Todo mundo sabe que o ex-presidente fez isso como prêmio", declarou o vice-presidente

Redação
Foot: Pedro Ribas/ANPr/Divulgação
Foot: Pedro Ribas/ANPr/Divulgação

 

O vice-presidente, Hamilton Mourão, criticou a nomeação de Carlos Marun (MDB) para o conselho de Itaipu Binacional, assinada pelo ex-presidente Michel Temer no apagar das luzes.

“Pode não ser ilegal, mas não foi ética. Todo mundo sabe que o ex-presidente fez isso como prêmio. Depende [a anulação do ato ou não] do presidente, amanhã na reunião ministerial pode ser um tema, Onyx ficou de levar o que precisa ser feito”, declarou o general à jornalista Andréia Sadi.

O ato pode ser anulado pelo presidente Jair Bolsonaro. Marun entregou nesta quarta-feira (2) o seu cargo na Secretaria de Governo ao sucessor, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

PUBLICIDADE