Publicado em 16/10/2017 às 08h44.

Prisco e a reintegração que não sai: ‘O governo brinca’

"Eles estão ensaiando me perguntar seu quero ser deputado ou Bombeiro. Ora, eles sabem que isso não existe", diz deputado

Levi Vasconcelos

Soldado Prisco (PPS), hoje deputado, ganhou na Justiça o direito de ser reintegrado ao Corpo de Bombeiros, de onde foi afastado por ter sido um dos líderes da greve da PM de 2001, pela 11ª vez, a última, há pouco mais de uma semana, no STF, mas não está acreditando muito que dessa vez, vai.

— Eles estão ensaiando me perguntar seu quero ser deputado ou Bombeiro. Ora, eles sabem que isso não existe.

Pela lei, PMs têm direito a disputar mandatos eletivos, mas se ganhar a eleição e assumir, vai imediatamente para a reserva. Depois do mandato, não pode mais se reincorporar a tropa.

Dizem que é para não contaminar a corporação. Até porque, o mandato é sedutor e deixa muitas saudades.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é Jornalista político, Diretor de Jornalismo do Bahia.ba, e titular da Coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde.