Publicado em 11/06/2018 às 15h18.

Resolução nacional do PT dá força a Lídice na briga por vaga na chapa de Rui

Declaração também defende a candidatura de Lula, em coligação nacional com PSB e PCdoB

Redação
Foto: PSB/civulgação
Foto: PSB/civulgação

 

O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou, nesta segunda-feira (11), uma resolução da Comissão Executiva Nacional (CEN) que reforça a candidatura de Lula à presidência da República, com a coligação nacional do PSB e do PCdoB, além de que o PT deve construir palanques estaduais preferencialmente com os dois partidos.

A medida favorece a senadora Lídice da Mata, que assim como o presidente da Assembleia Legislativa, Ângelo Coronel (PSD), pretende integrar a chapa do governador Rui Costa (PT) à reeleição.

“Está clara, portanto, a primazia do projeto nacional sobre as disputas regionais. Toda e qualquer definição de candidaturas e política de aliança nos estados terá que ser submetida antecipadamente à Comissão Executiva Nacional, também como definido na resolução de dezembro”, diz o comunicado.

A resolução estabelece os seguintes critérios:

a) construir uma coligação nacional para apoiar a candidatura Lula com PSB, PCdoB e outros partidos que venham a assumir este apoio;

b) essa construção passa pela indicação do candidato a vice-presidente em entendimento com os partidos aliados;

c) o PT deve construir palanques estaduais com partidos de centro-esquerda, preferencialmente com PSB, PCdoB e outros partidos que apoiem Lula, sempre de acordo com a tática eleitoral nacional;

d) A CEN conduzirá, este processo, por meio do GTE, iniciando as tratativas para a aliança nacional e nos estados em que governamos e em que aqueles partidos governam, sempre cabendo à CEN a decisão final;

e) Nos demais estados o PT deve priorizar as alianças com os partidos considerando a composição da nossa chapa de deputados federais e senadores, bem como buscando participação nas chapas majoritárias sempre que possível.