Publicado em 11/10/2017 às 21h00.

Secretário de Segurança afasta delegado de operação na casa de filho de Lula

Segundo a colunista Mônica Bergamo, não foram encontrados entorpecentes na residência

Redação
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba

 

O secretário estadual da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves, determinou nesta quarta-feira (11) que o delegado responsável pela operação na casa de Marcos Lula da Silva, filho mais velho do ex-presidente Lula (PT), se afaste do caso.

Nesta terça-feira (10), a Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de Marcos Lula, no município de Paulínia, após uma denúncia anônima de que haveria drogas naquele endereço.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, não foram encontrados entorpecentes na residência. Além disso, a polícia apreendeu dois notebooks, CDs, DVDs, disquetes e documentos de Marcos Lula.

PUBLICIDADE

Mais notícias