Publicado em 14/11/2017 às 15h00.

Temer decide ajustar reforma trabalhista por Medida Provisória

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não gostou da decisão do Palácio do Planalto, mas disse que vai colocar a MP em apreciação

Redação
Foto: Gabriela Korossy/Câmara dos Deputados
Foto: Gabriela Korossy/Câmara dos Deputados

 

O presidente Michel Temer (PMDB) resolveu ajustar a reforma trabalhista por meio de Medida Provisória. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a expectativa é de que o peemedebista assine a MP até esta quarta-feira (15).

De acordo com a publicação, antes de assiná-la, Temer quer convencer o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que prefere um projeto de lei, a não derrubar o texto.

O democrata não gostou da decisão do presidente, mas disse que vai colocar a MP em apreciação.