Publicado em 17/04/2018 às 09h22. Atualizado em 17/04/2018 às 09h31.

‘Manifestação pacífica’, diz PM sobre ação do MST na TV Bahia

Mais cedo, o coordenador do MST na Bahia, Evanildo Costa, afirmou ao bahia.ba que o grupo não tem previsão de deixar o pátio da emissora

Luís Filipe Veloso
Foto: Divulgação/ CUT
Foto: Divulgação/ CUT

 

A Polícia Militar monitora o grupo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo que desde o fim da madrugada desta terça-feira (17) ocupa a sede da TV Bahia, afiliada da Rede Globo no estado.

A manifestação compromete o trânsito na Rua Aristides Novis, no bairro da Federação, onde está localizada a emissora.

Em nota, a corporação informou ao bahia.ba que a “41ª CIPM [Companhia Independente da Polícia Militar/ Federação] acompanha o protesto no local e negocia com as lideranças. A manifestação é pacífica”.

Foto: Divulgação/ CUT-BA
Foto: Divulgação/ CUT-BA

 

Mais cedo, o coordenador do MST na Bahia, Evanildo Costa, afirmou à reportagem que o grupo não tem previsão de deixar o pátio da emissora.

De acordo com os manifestantes, o ato é um protesto pela prisão do ex-presidente Lula (PT) e um registro pelos dois anos do impeachment da ex-presidente Dilma Rousssef (PT).