Publicado em 10/07/2019 às 09h46.

Travessia Salvador-Mar Grande permanece suspensa pelo quarto dia consecutivo

Linha de Morro de São Paulo opera com conexão e escunas de turismo não funcionam

Redação
Foto: Adenilson Nunes/ GOVBA
Foto: Adenilson Nunes/ GOVBA

 

A travessia Salvador-Mar Grande permanece com as operações suspensas devido às condições desfavoráveis de navegação na Baía de Todos os Santos, com ventos de até 50 km/h e mar agitado. 

O sistema completa, nesta quarta-feira (10), quatro dias consecutivos sem operar – o serviço foi suspenso às 11h30 do último domingo, com a chegada do mau tempo à capital baiana. 

De acordo com a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab), ainda não há previsão para a retomada das operações.

Também em decorrência do mau tempo, as escunas de turismo permanecem sem operar nesta quarta-feira. As escunas fazem o tradicional passeio pelas ilhas da Baía de Todos os Santos.

Travessia Salvador-Morro de São Paulo opera com conexão

A travessia Salvador-Morro de São Paulo continua operando com conexão, como vem acontecendo desde o último domingo. As condições de navegação em todo o percurso entre a capital e a Ilha de Tinharé também estão desfavoráveis.  

Os catamarãs partem do Terminal Náutico, atracam em Itaparica, de onde os passageiros seguem de ônibus até a Ponta do Curral (Valença) e fazem a pequena travessia em lanchas rápidas até o Morro.

Os passageiros também podem ir até a Ilha de Itaparica por meio do sistema ferry-boat, que opera normalmente. Pelo sistema, os passageiros fazem a travessia até Bom Despacho. Em seguida, seguem de ônibus até a Ponta do Curral e atravessam para Morro de São Paulo. 

Com conexão, o tempo de viagem da travessia fica em torno de 3h20m, ou seja, uma hora a mais que o tempo da viagem direta. Os horários de saída são 9h, 10h30, 13h e 14h30

PUBLICIDADE