Publicado em 02/12/2020 às 18h40.

Após interferência, ICMBio decide autorizar percurso original da Regata Aratu-Maragojipe

Decisão foi divulgada nesta quarta-feira pela diretoria do Aratu Iate Clube

Redação
Foto: Rui Rezende/Regata Aratu-Maragojipe/Divulgação
Foto: Rui Rezende/Regata Aratu-Maragojipe/Divulgação

 

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) decidiu autorizar o percurso original para a 51ª Regata Aratu-Maragojipe. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (02), pela diretoria do Aratu Iate Clube.

Inicialmente, a rota da tradicional regata havia sido modificada após o ICMBio proibir a passagem pelo trecho sob jurisdição do órgão, que é ligado ao Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com a decisão, divulgada pelo Ministério em 25 de novembro, a solicitação para a autorização deveria ter sido protocolada em, no mínimo, 100 dias antes da data prevista para a realização do evento. O pedido, contudo, foi feito no dia 24 do mesmo mês e o evento está agendado para acontecer em 5 de dezembro deste ano.

Em nota, o Aratu Iate Clube comemorou a nova decisão e agradeceu a todas as entidades e pessoas que se manifestaram em apoio ao evento. “A entidade Aratu Iate Clube como clube organizador da tradicional Regata Aratu Maragojipe, continuará tendo como prioridade a preservação ambiental em todas as nossas ações”, disse.

Mais notícias