Publicado em 17/05/2016 às 12h40.

Aprovados no concurso do TJ-BA planejam manifestação no CAB

Uma das alegações do grupo é de que TJ-BA é considerado um dos piores do país em relação à produtividade jurisdicional

Redação
Tribunal de Justiça da Bahia. Foto: Divulgação?Secom
Tribunal de Justiça da Bahia. Foto: Divulgação/Secom

 

Os aprovados no último concurso do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vão realizar uma manifestação em frente à sede da Corte, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Previsto para a próxima sexta-feira (20), o ato objetiva reivindicar a nomeação de servidores  concursados.

Uma das alegações do grupo é de que TJ-BA é considerado um dos piores do país em relação à produtividade jurisdicional, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e conta com aproximadamente 350 aposentadorias sem reposição, desde a publicação do edital do concurso, em outubro de 2014.

Ainda conforme os aprovados no processo seletivo, há cerca de 250 contratados terceirizados em atuação no órgão, desde a Constituição Federal de 1988, sobretudo no Segundo Grau. Além disso, desde que a atual presidente Maria do Socorro Santiago, que tomou posse no TJ-BA tomou posse em fevereiro deste ano, foram nomeados mais de 350 comissionados. A nota da justificativa para a manifestação ainda destaca que, desde 2009, quando expirou-se a validade do último concurso, houve mais de duas mil aposentadorias.

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.