Publicado em 13/11/2015 às 08h27.

Bahia possui 33 barragens de alto risco

Dado alarmante é do último relatório da Agência Nacional das Águas de 2014

Redação
Barragens em risco
Barragens classificadas com categoria de risco alto, segundo relatório da ANA

De acordo com o último relatório sobre segurança, da Agência Nacional das Águas (ANA), a Bahia tem 33 barragens classificadas como de risco. A informação vem em um momento em que o país ainda está assustado com o rompimento das barragens da empresa Samarco, em Minas Gerais, que destruiu um distrito em Mariana, deixando nove vítimas fatais (até o momento) e provocando um desastre ecológico sem precedente na região.

Conforme o levantamento, as barragens neste indicativo, são empreendimentos alocados em grandes cidades, como Brumado, Luís Eduardo Magalhães e Camaçari. O número fica mais alarmante ainda quando associado a outro indicador: Dano Potencial Associado. Segundo o documento da ANA, o risco é medido através de “características técnicas, estado de conservação do empreendimento e atendimento ao Plano de Segurança da Barragem”.

O relatório foi concluído em setembro de 2014 e as informações foram preenchidas pelos estados detentores de 14.966 barragens no Brasil ainda vigentes.

PUBLICIDADE

Notícias relacionadas