Publicado em 18/05/2016 às 18h50.

Boletim aponta 648 casos de microcefalia em 140 cidades da Bahia

Os dados da Sesab foram contabilizados até o dia 14 de maio deste ano e divulgados na terça (17); O número representa um aumento de 65 casos desde o dia 9 de abril

Redação
Os próximos dois meses serão decisivos para avaliação da microcefalia. (Foto: Guga Matos/JC Imagem/AE)
Foto: Guga Matos/JC Imagem/AE

 

Novo boletim de microcefalia da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), divulgado na terça-feira (17), aponta que, de outubro de 2015 até 14 de maio deste ano, já foram registrados 648 casos de microcefalia em 140 municípios do estado.

No último levantamento, contabilizado até o dia 9 de abril deste ano, foram divulgados 583 notificações em 133 cidades, ou seja, em pouco mais de um mês 65 novos registros foram contabilizados. A base de análise está em conformidade com os novos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde sobre a doença, o que obriga que as revisões ocorram sempre a partir de outubro de 2015.

Dos 648 casos notificados, 303 foram investigados com a realização de exames de imagem e/ou laboratorial, em que 208 foram confirmados e 95 descartados. Do total, foram notificados 32 óbitos por microcefalia, nos seguintes municípios: Alagoinhas (1), Anguera (1), Camaçari (3), Conceição do Jacuípe (1), Cravolândia (1), Crisópolis (1), Jaguaripe (1), Jequié (1), Monte Santo (1), Barro Preto (1), Campo Formoso (1), Itabuna (2), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (6), Tanhaçu (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1), Presidente Tancredo Neves (1), Santo Antônio de Jesus (1), Simões Filho (1), Senhor do Bonfim (1), Ilhéus (1), Lauro de Freitas (1).

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.