Publicado em 22/01/2020 às 07h29.

Estudantes desocupam Odorico Tavares

De acordo com o governo, desocupação ocorreu de forma pacífica

Chayenne Guerreiro
Foto: Google Maps
Foto: Google Maps

 

Os estudantes que ocupavam o Colégio Estadual Odorico Tavares, no Corredor da Vitória, em Salvador, desde a tarde de terça-feira (21), deixaram a instituição de ensino por volta da 1h30 desta quarta-feira (22).

De acordo com o Governo do Estado, a desocupação foi feita de forma pacífica sem o uso de força policial.

O ato ocorreu em protesto contra o fechamento da unidade de ensino. O governo afirmou ainda que foram ofertadas aos estudantes vagas em unidades próximas da região, como o Colégio Estadual Manoel Novais (Canela), que fica a cerca de 1 km do Odorico; o Colégio Estadual Mário Augusto Teixeira de Freitas (Nazaré); e o Colégio Estadual da Bahia – Central (Nazaré).

Por meio de nota, a secretaria de Educação garantiu que a transferência para essas instituições pode ser solicitada em qualquer unidade escolar da rede estadual até o dia 27 de janeiro.

A área ocupada pelo prédio do Odorico será vendida. A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou na noite de terça (21) o requerimento de urgência do projeto da venda da área. A proposta, enviada ao Legislativo por Rui Costa, ainda não tem previsão de ser votada.

PUBLICIDADE