Publicado em 17/06/2021 às 11h59.

Governo lançará revista em quadrinhos sobre combate ao racismo e incentivo à ciência

Lançamento vai ocorrer na segunda-feira (21)

Redação
Foto ilustração: Nadia Bormotova/Getty Images
Foto ilustração: Nadia Bormotova/Getty Images

 

As secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Educação (Sec) e Promoção da Igualdade (Sepromi) lançam, na próxima segunda-feira (21) a revista em quadrinhos “Entrevistas além do tempo”, como parte das celebrações do Mês da História Negra nos Estados Unidos, a A HQ, voltada para estudantes baianos, principalmente os de escolas públicas, foca na popularização da ciência e busca prevenir o racismo estrutural, que dificulta o acesso de jovens negros às carreiras científicas.

Escrita por Carlos Teixeira e desenhada por Vicente de Paulo Granieri, a publicação conta com o apoio da Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil e tem como alguns de seus personagens, cientistas brasileiros. O lançamento terá transmissão pelo canal da Secti Bahia no Youtube, a partir das 16h.

Ao longo do evento, que também contará com a participação dos autores da obra, diversos estudantes poderão entrevistar os convidados. Para a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, esta revista marca um momento bastante significativo, com uma história regada à valorização do conhecimento. “É importante que estejamos sempre atentos no estímulo ao conhecimento da ciência como forma de possibilitar aos nossos jovens novos horizontes nas diversas áreas do conhecimento. Esta ação mostra que podemos fazer essa aproximação de forma leve, como através de histórias, aliando o incentivo à ciência ao combate ao racismo”, disse.

Narrativa

A narrativa acompanha três jovens, Miguel, Júlia e Arthur, que encontram a Rebô, uma personagem que vai construir uma máquina do tempo e os convida para um teste. Nesta jornada, eles conversam com diversos cientistas, inventores, bioquímicos, dentre outros. Para a titular da Sepromi, Fabya Reis, a ação é estratégica para fomentar o enfrentamento ao racismo através da comunicação direta com a juventude. “Além de incentivar a participação criativa e a inovação, esta iniciativa contribui de forma expressiva para a educação antirracista. Trata-se, também, de uma grande ação que está sendo materializada através da atuação transversal e integrada do Governo do Estado”.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.