Publicado em 20/11/2015 às 12h17.

Grávidas do Hospital Dantas Bião vão trabalhar em Alagoinhas

Maurílio Fontes / Alagoinhas Hoje
Proposta do bispo foi acatada. (FOTO: PASCOM)
Proposta do bispo foi acatada. (FOTO: PASCOM)

Na manhã desta sexta-feira (20), no Centro Diocesano de Alagoinhas, aconteceu reunião entre o bispo D. Paulo Romeu, Sidney Neves, diretor do Hospital São Rafael (HSR), e as 13 ex-funcionárias grávidas do Monte Tabor, que até 30 de outubro administrava o Hospital Regional Dantas Bião.

A proposta do bispo diocesano de Alagoinhas foi acatada pela direção do HSR e as grávidas trabalharão em instituições locais vinculadas à Igreja, evitando o deslocamento diário para Salvador.

As demissões estão canceladas. Após o final do prazo de estabilidade, o HSR rescindirá os contratos de trabalho e pagará as indenizações das funcionárias.

O vereador Radiovaldo Costa (PT), que intermediou o contato das gestantes com a direção do HSR, considerou um avanço a proposta de D. Paulo Romeu. Para ele, a direção da instituição de saúde demonstrou flexibilidade ao assinar o convênio com a Cáritas Diocesana e permitir às profissionais o desempenho de suas atividades em Alagoinhas. “O deslocamento diário para Salvador seria perigoso, mesmo em transporte exclusivo cedido pelo hospital, por conta das condições das grávidas”, disse Costa.