Publicado em 29/11/2015 às 22h26.

Jornalista e escritor Antônio Santos morre aos 64 anos

Ele era casado com a jornalista e escritora Eleonora Ramos. Além dela, ele deixou cinco filhos e quatro netos

Redação

 

Aos 64 anos, o jornalista e escritor gaúcho Antônio Santos morreu na madrugada deste sábado, dentro de casa.  Radicado na Bahia há 40 anos, ele veio para Salvador com objetivo de fundar o jornal Correio da Bahia, atualmente Correio*. Ele será enterrado no cemitério Bosque da Paz, em Nova Brasília, e será sepultado nesta segunda-feira, às 10horas.

Ele trabalhava como coordenador de marketing político em diversos locais do Brasil. Em Salvador, ele foi secretário de redação da Tribuna da Bahia e editor-chefe do Jornal da Bahia, já fechado.

Dentre os livros que escreveu, se destacou o romance “A Lenda do Centauro”, que narra a história de um homem que, em nome de uma nação existe entra em conflitos com o Paraguai, o Uruguai e a Argentina.

Ele era casado com a jornalista e escritora Eleonora Ramos. Além dela, ele deixou   cinco filhos e quatro netos.

PUBLICIDADE