Publicado em 17/08/2016 às 10h40.

Juazeiro: Jovem com intestino perfurado aguarda há 3 meses por cirurgia

Hospital Regional de Juazeiro, único no norte da Bahia capaz de realizar o procedimento, está com este tipo de intervenção suspensa

Redação
Foto: Divulgação/ GOV BA
Foto: Divulgação/ GOV BA

 

Uma adolescente de 13 anos aguarda há três meses por uma cirurgia para reconstrução de seu intestino, que está perfurado desde fevereiro. O problema foi descoberto quando a jovem passou por uma cirurgia para retirar o apêndice e a equipe médica apontou uma dupla perfuração no intestino de Ana Luísa. A situação é agravada pelo fato do Hospital Regional ser a única unidade de saúde regional que faz o procedimento em Juazeiro, norte da Bahia, mas que está com este tipo de intervenção suspensa.

Desde então, a garota teve a sua rotina alterada: não pode ir à escola, convive com os incômodos ocasionados pelo uso de uma bolsa de colostomia e com o risco constante de uma infecção generalizada. Ao não ter atendida a solicitação pela Secretaria de Saúde de Juazeiro, a família de Ana Luísa procurou a Defensoria Pública e entrou com uma ação na Justiça. O processo está em andamento.

A Superintendência de Atenção Especializada de Juazeiro justificou que o município assinou um termo de cooperação técnica com o Hospital Regional e, com isso, as cirurgias encaminhadas pelo SUS, inclusive a de Ana Luísa, devem ser realizadas ainda este mês.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.