Publicado em 12/11/2015 às 12h31.

Municípios baianos estão no topo do ranking de desmatamento

Fundação SOS Mata Atlântica alerta; Salvador possui apenas 4% de vegetação natural

Redação

 

Foto: Inema
Foto: Inema

Dois municípios baianos figuram na lista dos que mais desmatam no Brasil, é o que revela o Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, lançado nesta quarta‐feira (11) pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). A publicação traz os dados mais recentes sobre a situação de cidades da Bahia. Segunda e terceira colocadas no ranking nacional, respectivamente, Baianópolis (1.522 ha) e Brejópolis (686 ha), tiveram as maiores áreas de supressão de vegetação natural do bioma no período 2013/14 entre as cidades baianas.

Ainda de acordo com o Atlas, Salvador possui apenas 4% de sua vegetação original, o que representa 3.047 hectares.

No acumulado, as cidades com números mais expressivos de desflorestamento entre 2000 e 2014 são Cândido Sales (5.676 ha), Encruzilhada (5.035 ha) e Vitória da Conquista (4.610 ha).

Melhor posicionado da Bahia- O município de Mucugê é o que mantém maior área proporcional de preservação do bioma no estado, com 85,3% de vegetação natural, comparado com a área original. A vegetação natural inclui, além das florestas nativas, os refúgios, várzeas, campos de altitude, mangues, restingas e dunas.

Municípios da Bahia figuram no topo do ranking de desmatamento  
Municípios da Bahia figuram no topo do ranking de desmatamento