Publicado em 09/12/2021 às 07h29.

Órgãos estaduais iniciam ajuda emergencial aos atingidos pela chuva

Nesta quinta, o governador Rui Costa pretende sobrevoar os municípios do extremo sul e anunciar novas medidas

Redação
Foto: reprodução TV Bahia
Foto: reprodução TV Bahia

 

Determinada na quarta-feira (8), pelo governador Rui Costa, a ajuda emergencial aos municípios do extremo sul atingidos por temporais já foi iniciada pelos órgãos estaduais. As fortes chuvas ocorreram em cerca de 30 municípios, sendo os mais afetados Canavieiras, Itamaraju, Prado, Teixeira de Freitas e Jucuruçu. A ação inclui também a distribuição de cestas básicas, colchões, lençóis, lonas, cobertores e outros itens.

Nesta quinta-feira (9), o governador Rui Costa pretende sobrevoar as áreas atingidas e anunciar novas medidas. Em paralelo, aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar(GRAER) e da Casa Militar do Governo do Estado auxiliam no trabalho dos 40 agentes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia – lotados em Ilhéus, Porto Seguro e Teixeira de Freitas – envolvidos nas ações de socorro às famílias e animais afetados.

Em um primeiro momento, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado (Sudec) está em contato com as coordenações municipais de Defesa Civil para conhecer as necessidades mais urgentes de cada localidade.

Entre as providências estão as orientações para a decretação de situação de emergência e a inscrição no sistema integrado de informações sobre desastres S2ID (da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil).

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia(Seinfra) realiza operações para garantir as condições de trafegabilidade em trechos da BA-284, na BA-290 e BR-489. Na BA-290, a retirada do material, por conta de deslizamento de terra e queda de árvores no trecho entre as cidades de Teixeira de Freitas até Alcobaça, já foi realizada. Na BA-284, a via de acesso ao distrito de São Paulino, entre Itamaraju e Jucuruçu, permanece interditada, após o aterro no km 17 romper. O tráfego também está interrompida na BR-489, do distrito de Guarani até a comunidade do Tombador, entre Prado e Itamaraju, onde a pista cedeu.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.