Publicado em 09/12/2015 às 15h00.

PF prende 8 no nordeste da Bahia por fraudes em licitações

Grupo utilizava empresas de "fachada" para disfarçar vitórias em processos licitatórios do transporte escolar

Redação
Foto: Diário da Capital
Foto: Diário da Capital

 

A Polícia Federal (PF) divulgou nesta quarta-feira (9) que cumpriu oito mandados de prisão em uma operação realizada na manhã desta terça (8) nos municípios de Santa Brígida, Paripiranga, Ribeira do Pombal, Crisópolis e Jeremoabo, no nordeste do estado. A ação foi motivada por investigações de envolvidos com desvios de dinheiro público e lavagem de dinheiro.

Segundo a apuração, os integrantes de um grupo empresarial, que tinham as sociedades em nome de “laranjas”, realizavam um rodízio para ganhar licitações e revezavam os contratos entre diversos municípios, para despistar os órgãos de fiscalização. Para camuflar a fraude, outras empresas de “fachada” eram utilizadas para simular a concorrência.

As quadrilhas atuavam no ramo de locação de veículos, principalmente no transporte escolar contratado com verba do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FNDE).

De acordo com a PF, a organização criminosa está sob investigação desde 2011 e as prisões têm relação com a operação “Making Of”, que cumpriu 21 mandados de busca e apreensão no município de Cansanção, no dia 10 de novembro, quando a corporação apurou crimes do mesmo gênero em empresas ligadas ao prefeito da cidade.

Ainda segundo a PF, todos os investigados vão responder por peculato, que é o crime de desvio de dinheiro público, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

PUBLICIDADE