Publicado em 23/05/2018 às 09h30.

Rodovias baianas têm dez pontos de protestos contra aumento do diesel

Até o momento, mesmo após o governo federal anunciar a redução no percentual de reajuste do diesel, não há previsão de término das manifestações

Redação
Foto: Divulgação/ Concessionária Bahia Norte
Foto: Divulgação/ Concessionária Bahia Norte

 

No terceiro dia seguido de manifestação dos motoristas de caminhões e carretas, em protesto contra os sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis, que impactam no valor do frete, inúmeras rodovias do estado foram fechadas nesta quarta-feira (23).

Na BR-116, trechos nas cidades de Vitória da Conquista, Poções, Jequié, Milagres, Itatim e Santo Estevão, continuam com as reivindicações, onde os caminhoneiros impedem apenas o tráfego entre caminhões e carretas. O trânsito permanece livre para os demais veículos.

Na BR-324, em Simões Filho, e na BA-526 (CIA-Aeroporto), no quilômetro 12, a situação é a mesma. Na BR-110, em São Sebastião do Passé, os manifestantes bloqueiam um dos sentidos da rodovia.

Até o momento, mesmo após o governo federal anunciar a redução no percentual de reajuste do diesel, não há previsão de término das manifestações.