Publicado em 27/03/2020 às 12h27.

‘SSP não permitirá manifestações de quem quer matar pessoas’, diz Rui

"Já determinei que a Secretaria de Segurança aja com rigor", disse o governador

Matheus Morais
Foto: Fernando Vivas/ GOVBA
Foto: Fernando Vivas/ GOVBA

 

O governador Rui Costa (PT) afirmou durante o programa “Papo Correria” nesta sexta-feira (27), que não vai permitir nenhum tipo de carreata na Bahia que leve as pessoas para fora do isolamento social.

O petista disse que já autorizou que a Secretária de Segurança Pública da Bahia  aja com rigor contra os manifestantes que estiverem nas ruas.

“Eu não vou perder tempo em responder as fakenews feitas pelo escritório do ódio. A Secretaria de Segurança não permitirá manifestações de quem quer matar pessoas. Propor carreata em carro de luxo de 200 mil reais é fácil. Já determinei que a Secretaria de Segurança aja com rigor. Nós não vamos permitir que as pessoas façam isso. Estamos em estado de calamidade pública na saúde do Brasil”, ressaltou.

Rui Costa também criticou a campanha publicitária do governo federal que diz que o “Brasil não pode parar”. Para ele, a estratégia do Palácio do Planalto é para “dividir o país”.

“O governo federal copiou o governo de Milão, na Itália, dizendo que o Brasil não pode parar. Vi alguns depoimentos como o do dono da lanchonete Madero, que disse que o Brasil não pode parar. Todos aqueles que pensam mais na máquina registradora do que na vida das pessoas, estão por trás desse vídeo. É mais uma estratégia do gabinete do ódio pra dividir o país”, salientou Rui Costa.

“O que o Brasil precisa é de união. Chega de briga, de ódio, de xingamentos. Ninguém aguenta mais isso. O povo quer que os políticos coloquem a politicagem de lado. Isso que o povo quer”, completou.

PUBLICIDADE