Publicado em 01/12/2020 às 14h21.

Sintaj abre processo administrativo pedindo ao TJ-BA a convocação de novos trabalhadores

Entidade justifica o requerimento alegando "notória carência de trabalhadores" enfrentada pela Corte

Redação
Foto: Ney Pinto/ASCOM TJBA
Foto: Ney Pinto/ASCOM TJBA

 

O Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Judiciário (Sintaj) pediu na segunda-feira (30), através de abertura de processo administrativo, que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) convoque os servidores aprovados no concurso realizado através do Edital nº 1, de outubro de 2014, para fazerem parte do quadro efetivo do Tribunal.

O Sintaj justifica o requerimento alegando a “notória carência de trabalhadores” enfrentada pela Corte, o que deixa claro que a convocação de novos trabalhadores atenderia ao princípio do interesse público.

“Há uma lista de mão de obra disponível para que, por economia e eficiência, no momento em que advir a necessidade pública, os candidatos em espera possam ser convocados sem a necessidade de instauração do novo certame”, afirma o Sintaj no documento.

A entidade também embasa a sua solicitação nos princípios constitucionais da proporcionalidade, eficiência e moralidade administrativa.

Mais notícias