Publicado em 16/01/2016 às 16h10.

Turista croata sumido na Chapada manda mensagem aos pais

"Estou bem. O que são esses pôsteres?", disse Sandro Pticek, que teria estranhado as buscas por ele

Redação
Foto: Divulgação PF
Foto: Divulgação PF

 

O turista croata Sandro Pticek, 38 anos, visto pela última vez no Natal no Vale do Capão, na Chapada Diamantina baiana, enviou a mensagem de texto: “Estou bem. O que são esses pôsteres?”, por celular, para a família, na Europa, ao indagar sobre as notícias de que ele estava sumido. Embora ele tenha relatado que não estaria em apuros, a mulher dele, a brasileira Marina Olaran, ainda o considera desaparecido. “Ele deu notícias só para os pais na Croácia. Deu um sinal de vida, mas a gente ainda não sabe qual é a história, a gente ainda não escutou a voz dele. Pra gente, que ele ainda não entrou em contato, ele continua desaparecido”, disse a esposa, em entrevista ao Correio.

De acordo com uma postagem feita no Facebook pela cunhada do estrangeiro, Huija Olaran, ele está em uma fazenda, sem conexão com a internet, e ficou assustado ao ser informado de que há buscas por ele. No entanto, para Marina, o SMS supostamente enviado por Sandro não faz sentido. “Se for ele mesmo, que todos nós conhecemos em família, ele teria entrado em contato com a gente, com a empresa que ele alugou o carro, comigo que sou a mãe da filha dele”, afirmou.

PUBLICIDADE

Mais notícias