Publicado em 26/12/2020 às 14h00.

A seis dias da posse, Maguito Vilela segue internado e sedado

Político do MDB foi eleito prefeito de Goiânia no segundo turno da sucessão municipal, com quase 280 mil votos

Redação
Foto: reprodução Instagram
Foto: reprodução Instagram

 

A seis dias da posse, o prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), continua internado e sedado em razão de consequências da Covid-19. O político está Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde está desde 27 de outubro, onde disputou e venceu as eleições municipais ao receber quase 280 mil votos no segundo turno, em 29 de novembro.

Segundo o boletim médico mais recente, Vilela segue com quadro estável, sedação leve e usando ventilador mecânico. A nota ainda informa que o político está “respondendo aos estímulos e com níveis de oxigenação satisfatórios, em diálise e reabilitação.”

O médico que acompanha Maguito Vilela, Marcelo Rabahi, está trabalhando na redução gradual da sedação. Aos 71 anos, o prefeito eleito chegou a ser transferido para um leito comum de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois que testou negativo para covid-19, no início de dezembro, mas  apresentou sangramento nos pulmões e teve de passar por cirurgia.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.