Publicado em 01/06/2018 às 16h00.

Após demissão de Parente, nomes são cotados para assumir Petrobras

Presidência da empresa ficou vaga nesta sexta, quando Pedro Parente pediu para sair

Redação
Foto: Divulgação/ Petrobras
Foto: Divulgação/ Petrobras

 

A presidência da Petrobras ficou vaga nesta sexta-feira (1º), quando Pedro Parente pediu demissão, e já há nomes especulados na imprensa como possíveis substitutos.

É o caso do diretor financeiro Ivan Monteiro, que segundo o site O Antagonista, ganhou força para assumir a empresa. Ele é indicação de Moreira Franco, ministro de Minas e Energia do país e um dos homens de confiança de Michel Temer.

Outro nome é considerado mais técnico que o de Ivan. É o de Solange Guedes. De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal Estado de São Paulo, ela tem forte conhecimento interno e externo da empresa.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.