Publicado em 04/12/2020 às 09h33.

Cacique Raoni critica Bolsonaro: ‘Não tem importância o que ele fala’

Líder indígena disputou o Prêmio Nobel da Paz

Redação
Foto: Reprodução/Rádio Comunitária Eldorado
Foto: Reprodução/Rádio Comunitária Eldorado

 

O cacique indígena da etnia Kaiapó, um dos favoritos ao Nobel da Paz deste ano, Raoni Metuktire, criticou o presidente Jair Bolsonaro em entrevista ao Programa do Bial, da TV Globo, na quinta-feira (3).

“Para mim não tem importância o que ele fala. Eu vou seguir a minha luta. Você entendeu?”, disse.

Em junho, Raoni perdeu Bekuika, sua companheira de vida, em julho sofreu com uma infecção intestinal e em setembro contraiu covid-19.

“Eu perdi a minha esposa mas mesmo assim decidi seguir em frente com a minha luta. Os nossos antepassados, nossas avós e avôs foram os primeiros habitantes desta terra aqui, e antes não existia esta destruição Depois vocês brancos cruzaram o mar e chegaram aqui até nos. Vocês vieram em barcos e chegaram até aqui, onde vivam os nossos antepassados, e vocês os enganaram. Mas vocês não conseguiram fechar meus olhos nem tapar meus ouvidos. Os garimpeiros, os madeireiros, os fazendeiros estão neste momento destruindo a nossa floresta e eu não posso aceitar”, ressaltou.