Publicado em 30/03/2020 às 22h40.

Coronavírus: estados começam a receber 500 mil testes rápidos

Os testes devem ser utilizados em profissionais da "linha de frente", como profissionais de saúde, bombeiros e policiais

Redação
Foto: Ascom/Sesab
Foto: Ascom/Sesab

 

As primeiras 500 mil unidades de testes rápidos para diagnosticar o novo coronavírus, o Covid-19, já estão no Brasil.

Todos os estados e Distrito Federal devem receber e, segundo o Ministério da Saúde, a orientação é a de que sejam utilizados em profissionais que atuam na área de saúde, em postos e hospitais, além de agentes de policiais, bombeiros e guardas civis que indiquem sintomas.

“A ideia é que estes profissionais que estão na linha de frente do atendimento à população, garantindo cuidados médicos e de segurança, recebam o diagnóstico e tenham a oportunidade de retornar, de forma segura, as suas atividades, que são consideradas essenciais”, explica o Ministério.

PUBLICIDADE