Publicado em 25/03/2020 às 08h52.

Coronavírus: Rio Grande do Sul registra primeira morte

Informação foi divulgada pelo prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr.

Redação
Foto: Fotos Públicas/NIAID
Foto: Fotos Públicas/NIAID

 

A Prefeitura de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, confirmou a primeira morte por coronavírus. O prefeito Nelson Marchezan Jr. divulgou a informação na madrugada desta quarta-feira (25). O caso ainda não foi oficializado pela Secretaria Estadual da Saúde.

Trata-se de uma mulher de 91 anos que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Moinhos de Vento.

Até a noite de terça, eram mais de 2,2 mil casos confirmados em todo o Brasil, e 47 mortes. A maioria em São Paulo e Rio de Janeiro, além de uma investigada no Amazonas, que não entrou no último boletim do Ministério da Saúde.

Marchezan afirmou que “chegamos a um triste patamar”.

“Deveríamos começar a contabilizar a contaminação do vírus pelo número de pessoas na UTI. Tinham nove confirmadas e 26 com suspeitas. A partir de hoje, temos o primeiro óbito, que é mais um número que passa a fazer parte do nosso acompanhamento”, relata o prefeito.

Pela contabilização da Secretaria Estadual de Saúde, Porto Alegre tem 47 casos confirmados. Já a Secretaria Municipal de Porto Alegre informa um número maior – 81 casos.

PUBLICIDADE