Publicado em 19/10/2019 às 08h00.

Em abril, Bolsonaro extinguiu comitês de plano de ação de incidentes com óleo

Extinção dos conselhos pode ser parte da explicação para a demora da União em tomar providências

Redação
Foto: Antonio Cruz /Agencia Brasil
Foto: Antonio Cruz /Agencia Brasil

 

Uma reportagem do jornal Folha de São Paulo, neste sábado (19), mostra que o Governo Federal extinguiu em abril deste ano dois comitês que integravam o Plano Nacional de Contingência para Incidentes de Poluição por Óleo em Água (PNC), instituído em 2013.

De acordo com a publicação, a extinção dos conselhos pode ser parte da explicação para a demora da União em tomar providências em relação às manchas de óleo nas praias nordestinas.

O objetivo do PNC, criado pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), é preparar o país para situações de emergência, como a de agora. Além disso, prevê a organização de diferentes órgãos do governo para que atuem conjuntamente.

Em Salvador, o petróleo tomou conta de quase todas as praias, chegando inclusive à Baía de Todos-os-Santos.

PUBLICIDADE