Publicado em 21/03/2017 às 16h30.

Governo quer privatizar dez aeroportos de menor porte, diz ministro

De acordo com Dyogo Oliveira, titular do Planejamento, a intenção é manter com a Infraero apenas terminais de boa rentabilidade

Redação
Aeroporto de Recife (Foto: Wikipédia)
Aeroporto de Recife (Foto: Wikipédia)

 

O governo estuda a privatização de pelo menos mais dez aeroportos de menor porte, entre os quais os de Goiânia-GO, Vitória-ES e Recife-PE.  A informação é do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que adiantou nesta terça-feira (21) ter a intenção de manter com a Infraero apenas terminais de boa rentabilidade como Congonhas-SP, Santos Dumont-RJ, Manaus-AM e Curitiba-PR, que podem ajudar na reestruturação da estatal.

A mais recente rodada de privatizações aconteceu na quinta-feira (16), quando foram vendidos os aeroportos de Fortaleza-CE, Salvador-BA, Florianópolis-SC e Porto Alegre-RS.

O resultado positivo do leilão animou o governo, que já planeja a próxima rodada. Serão vendidos aeroportos com “potencial comercial” para os investidores, mas que não comprometam a sustentabilidade da Infraero, diz Oliveira.

Com informações do Folhapress.