Publicado em 23/08/2019 às 12h00.

João de Deus deixa presídio para fazer exames

Ele é acusado de cometer diversos abusos sexuais durante atendimentos religiosos

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O médium João de Deus deixou o presídio nesta sexta-feira (23) para fazer um exame em um hospital de Aparecida de Goiânia.

Ele é acusado de cometer diversos abusos sexuais durante atendimento religiosos. De acordo com a defesa, o procedimento foi feito após o réu reclamar de tonturas devido a quedas dentro da cadeia.

“Foi solicitada a tomografia por conta da última queda que ele sofreu agora no início desse mês e bateu a cabeça. Depois disso ele começou a sentir muitas tonturas, fraquezas, então o médico decidiu pedir para saber se foi algo vinculado à cabeça pela queda ou se pela própria deterioração do estado de saúde dele”, disse o advogado Anderson Van Gualberto de Mendonça ao portal G1.

Escoltado, João de Deus chegou ao Hospital São Silvestre às 9h25 para fazer uma tomografia computadorizada. Ele fez o exame e deixou a unidade cerca de 20 minutos depois.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária afirmou que ainda aguarda a notificação da defesa do João de Deus sobre as reclamações que ele apresenta para que possa ter conhecimento formal e sejam tomadas as providências cabíveis.

PUBLICIDADE